Qualidade de vida: saiba como viver plenamente a terceira idade

Qualidade de vida é o equilíbrio entre diversos aspectos: físico, psicológico, independência, relações sociais, meio ambiente e religiosidade. Manter esse equilíbrio durante a terceira idade pode parecer um desafio, mas é totalmente possível.

Ser capaz de realizar as atividades cotidianas é fundamental para que todos se sintam plenos e ativos. Ademais, é necessário sentir satisfação com a rotina e ser positivo em relação ao futuro. Para isso, é preciso que as pessoas com mais idade se ocupem e participem ativamente da comunidade a qual pertencem.

Além disso, é necessário praticar bons hábitos. Confira algumas dicas que podem ajudar na busca por qualidade de vida na terceira idade:

1. Cuide da alimentação

Ter uma alimentação saudável e equilibrada é fundamental para sentir-se bem. O nosso organismo precisa receber as quantidades ideais de nutrientes e vitaminas, que são encontrados em alimentos naturais e saudáveis. Sendo assim:

  • evite o consumo de alimentos hipercalóricos, como industrializados, frituras, e doces;
  • faça, pelo menos, três refeições por dia, e insira cereais na sua alimentação, como arroz, trigo, pães e massas;
  • diminua a quantidade de sal também e utilize temperos naturais e frescos;
  • invista nos alimentos com cálcio: leite, iogurte, peixes e castanhas;
  • lembre-se: é muito importante beber bastante água. É mais fácil sentir-se desidratado na terceira idade, por isso, beba pelo menos 6 copos de água por dia.

2. Fortifique suas relações sociais

A interação com amigos gera um retorno muito significativo para a sua qualidade de vida, o que também influencia na saúde. Existem muitos espaços agradáveis dedicados à terceira idade, como centros de convivência, grupos religiosos e grupos de estudos. Encontre um lugar no qual você se sinta à vontade e participe das atividades.

O uso das mídias digitais também ajuda a construir redes de amizade. De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), de 2008 para 2013, a quantidade de idosos que acessam a internet passou de 5,7% para 12,6%. Se você se sente confortável usando a internet, as redes sociais são uma ótima alternativa.

3. Valorize a convivência com a família

Aproveite o seu tempo livre para conviver com sua família. Afinal, você tem muitas histórias e ensinamentos para contar aos seus descendentes. E, mais do que isso, você ainda tem muita energia para viver novas histórias ao lado deles.

A companhia da sua família é muito importante para a qualidade de vida. A família é uma rede de proteção e amor e, à medida que todos se sentem amados, a vida se torna mais alegre e saudável.

4. Pratique exercícios físicos

A prática de exercícios é essencial em todas as idades. Para os idosos, traz ainda mais benefícios, como o aumento do colesterol bom (HDL) e a diminuição da pressão arterial e da gordura corporal. Além disso, previne doenças cardíacas e vasculares, e aumenta o índice de massa muscular, o que propicia força ao corpo e, consequentemente, maior autonomia.

Os exercícios devem ser realizados sob a orientação de um médico e de um preparador físico. Os mais indicados são:

Caminhadas

As caminhadas fortalecem os músculos e as articulações, melhoram o ritmo cardíaco e ainda promovem a socialização, pois, geralmente, são feitas com acompanhantes. Alongue-se antes, comece com trajetos curtos e vá aumentando as distâncias. Pratique de 2 a 3 vezes por semana, fazendo caminhadas de 30 a 60 minutos.

Ciclismo

Andar de bicicleta é uma ótima opção de exercício, visto que fortalece as articulações dos joelhos, tornozelos e dos quadris. A prática do ciclismo ajuda a diminuir a pressão arterial e alivia as dores de artrite. É uma atividade muito indicada por ser praticada ao ar livre e incentivar o contato com a natureza.

Pilates

Se guiado por um fisioterapeuta, o pilates traz inúmeros benefícios para a saúde na terceira idade, pois ajuda na coordenação dos movimentos e da postura. Além disso, estimula a circulação do sangue e aumenta a flexibilidade e força do corpo.

No entanto, o pilates deve ser uma atividade prazerosa. Se sentir que o exercício está forçando muito o seu corpo ou provocando dores, pare e consulte um médico. Se necessário, faça os exames solicitados para saber se pode voltar a praticar essa modalidade.

Hidroginástica

A hidroginástica faz sucesso entre os atletas da terceira idade, pois é uma atividade divertida e que favorece o convívio social, visto que é feita em grupo. O principal benefício da hidroginástica é o condicionamento muscular, por meio de atividades que exercitam a flexibilidade, o relaxamento e a coordenação motora.

Por ser uma atividade prazerosa, a hidroginástica é vantajosa não só para o corpo, mas também para a mente, proporcionando bem-estar e melhorando a qualidade de vida.

Natação

A natação também é uma atividade realizada em grupo e que incentiva o convívio social. Além disso, possui vários benefícios para o corpo: alonga e fortalece os músculos e articulações, alivia as dores causadas pela artrite, aumenta o consumo de oxigênio e melhora o condicionamento cardíaco.  Praticando natação, você terá mais disposição para realizar as atividades do dia a dia.

5. Tenha um hobby

Com a aposentadoria, você tem (ou terá) mais tempo livre. É necessário ocupar-se, manter a mente e o corpo trabalhando e se apegar a alguma atividade que te dê prazer.

O hobby é mais do que um passatempo. Você pode fazer muitas atividades como passatempo, porém, ao hobby você dedica mais tempo, esforço e aprendizado. A lista de hobbys é bem grande: pintura, escultura, canto, instrumentos musicais, costura e dança de salão. Escolha o que te agrada e invista nisso.

Aprender um novo ofício ou se dedicar a algo que você já gostava antes, mas não tinha tempo, te oferece novas oportunidades, modifica sua vida e te leva a novas conquistas. Mesmo que você ache que já tenha conquistado tudo o que era necessário na vida profissional, saiba que ainda há muitas outras experiências para viver e novas vitórias para alcançar.

Manter corpo e mente saudáveis é importante em qualquer idade, porém, é ainda mais necessário para os idosos, devido às mudanças no corpo e na vida. Todos os novos acontecimentos, somados a um comportamento triste e negativo, podem levar ao adoecimento e à solidão.

Porém, manter uma atitude positiva, seguir os aconselhamentos desse texto e visitar um médico regularmente são os pilares para alcançar a qualidade de vida na terceira idade e levar uma vida saudável.

Gostou desse texto? Então, cadastre-se e veja mais conteúdos como esse!

Veja mais

Entenda a importância de estabelecer o diálogo com os filhos

As relações familiares são algumas das mais importantes na construção do indivíduo. Elas são responsáveis por desenvolver sentimentos de afeto e solidariedade, por exemplo. Contudo, para que elas sejam ainda mais significativas, principalmente no caso dos pais, é fundamental que esses procurem manter sempre o diálogo com os filhos. A verdade é que todo tipo de relacionamento […]

Seguro funerário ou assistência funerária? Entendas as diferenças

O falecimento de um parente ou amigo próximo é um momento complicado. Além de você ter de lidar com a dor da perda, é preciso organizar a documentação, velório e funeral. Se a família não tiver seguro funerário ou assistência funerária, a situação ficará mais difícil e dispendiosa financeiramente. O indicado é fazer um plano individual […]

Entenda como funciona a doação de órgãos no Brasil

Você sabia que existe a lei 9.434 de 4 de fevereiro de 1997, que regulamenta a doação de órgãos no Brasil, há mais de 20 anos? Ela determina que possam ser retirados tecidos, órgãos e partes do corpo do falecido para transplantes ou fins terapêuticos. Mesmo mediante a vontade expressa da pessoa antes de morrer, a […]