Fases do luto: saiba o que fazer para enfrentar o luto e superá-lo

Perder um ente querido é uma das experiências mais difíceis que alguém pode ter e, inevitavelmente, a grande maioria das pessoas passarão por este momento pelo menos uma vez na vida. Além disso, toda a tristeza que envolve o delicado processo de luto faz com que falar sobre este assunto seja muito evitado.

Apesar do receio de encarar o tema, falar sobre as fases do luto é o primeiro passo para tornar esta experiência menos traumática. Discutir o assunto é uma forma de ajudar tanto as pessoas que estão passando por esta fase como também uma forma de preparar aquelas que ainda não viveram esta experiência a encará-la mais tranquilamente. Continue lendo para entender mais:

Quais são as fases do luto?

O processo de aceitação da morte de um ente querido é um processo muito pessoal.  Apesar disso, a psiquiatra suíço-americana Elizabeth Kübler-Ross observou cinco estágios comumente enfrentados pelos enlutados e que podem servir como uma forma de auxiliar a entender como reagimos diante da perda de um ente querido.

1. Negação

Nesta fase, a dor da experiência vivida pode ser tão grande que surge a dúvida se ela é de fato real. A dificuldade em lidar com a realidade pode levar a pessoa a evitar falar do assunto ou tentar convencer a si mesma de que tudo o que está vivendo é passageiro e logo será resolvido, negando a real dimensão da perda de alguém.

2. Raiva

Quando não é mais possível negar a realidade e torna-se necessário encarar os fatos, o sentimento de negação é substituído por uma sensação de raiva. A pessoa em luto encontra dificuldades em entender por que um acontecimento tão doloroso está acontecendo em sua vida e acaba se revoltando contra as circunstâncias que levaram à perda ou até mesmo contra Deus.

3. Negociação

Após perceber a gravidade do problema que está vivendo, o enlutado cria a fantasia da possibilidade de impedir a morte da pessoa querida ou revertê-la. Nesta fase, é comum que o enlutado recorra às suas crenças tentando negociar que a morte seja evitada em troca de uma mudança de vida, como o abandono de um vício ou comprometendo-se a ser uma pessoa melhor.

4. Depressão

A necessidade de voltar à realidade e encarar que não há soluções para a perda da pessoa amada acaba dando espaço a um profundo sentimento de tristeza e vazio. A força desta tristeza conduz a um estado depressivo diante da necessidade de seguir a vida mesmo na ausência do ente querido.

5. Aceitação

É a fase final do processo de luto. Nesta fase, aceita-se a nova realidade e, aos poucos, a dor do luto vai se tornando mais amena e as lembranças dolorosas da morte vão se tornando cada vez mais espaçadas. Torna-se mais fácil pensar na pessoa querida que partiu de forma mais natural e menos dolorosa.

Como superar as fases do luto?

Aceite a dor da perda

Para tornar a travessia das fases do luto um pouco mais leve, é importante compreender que o sofrimento é algo natural. Muitas vezes, ao atravessar as fases do luto, algumas pessoas tendem reprimir seu próprio sofrimento, tentando conformar-se à nova realidade o mais rápido possível. É importante respeitar o período de luto, o tempo de aceitação e a forma de lidar com a perda, que pode variar muito de pessoa para pessoa.

Converse com familiares e amigos sobre os sentimentos

Procure falar sobre seus sentimentos com pessoas próximas. A tristeza do luto pode ser tão profunda que podemos ter dificuldades em reconhecê-la. Achamos que está tudo bem mesmo quando estamos sofrendo. Discorrer sobre a situação nos ajuda a tomar consciência do que estamos pensando e sentindo, o que ajuda na aceitação da perda.

Não tenha medo de procurar por ajuda

Para algumas pessoas, atravessar as fases do luto pode ser um processo muito difícil. Não tenha dúvidas em buscar ajuda profissional caso você sinta necessidade ou perceba que está tendo dificuldades em retornar à sua rotina habitual.

A Metropax oferece gratuitamente acolhimento psicológico para pessoas que estão passando pelo luto, saiba mais.

Se este texto te ajudou a entender melhor as fases do luto, compartilhe-o em suas redes sociais e ajude outras pessoas que estão passando por este momento delicado a perceber que elas não estão sozinhas.

Veja mais

E-book: Medidas legais após a morte de um ente querido

Quando preparamos esse material, queríamos tirar as principais dúvidas em relação às documentações e trâmites burocrático que precisa lidar após a morte de um familiar ou amigo próximo. Por isso, abordamos os seguintes temas: Documentação necessária para o sepultamento; Medidas legais para cancelar documentos e contas do falecido; Orientações sobre abertura do inventário; Procedimentos legais para […]

Celebração de finados: saiba mais sobre a história deste dia

Quando nos aproximamos da celebração de finados, vivenciamos um momento importante para a memória e a aceitação da perda dos nossos entes queridos. É uma data introspectiva, principalmente para familiares, que visitam túmulos, deixam flores e acendem velas para o que se foram eternamente. Aqui no Brasil, homenageamos os falecidos no dia 2 de novembro […]

Entenda a importância de estabelecer o diálogo com os filhos

As relações familiares são algumas das mais importantes na construção do indivíduo. Elas são responsáveis por desenvolver sentimentos de afeto e solidariedade, por exemplo. Contudo, para que elas sejam ainda mais significativas, principalmente no caso dos pais, é fundamental que esses procurem manter sempre o diálogo com os filhos. A verdade é que todo tipo de relacionamento […]