Entenda como preparar um funeral

3 minutos para ler

Lidar com a perda de um ente querido não é fácil. Mas, mesmo nesse momento de dor e sofrimento, é preciso manter a calma para resolver questões legais, burocráticas e cerimoniais.

Preparar um funeral requer organização e muita serenidade. Veja alguns passos importantes.

Qual funerária escolher?

O primeiro passo para a preparação de um funeral é escolher uma funerária. Ela será responsável pela preparação e o traslado do corpo, pela arrumação do caixão, da decoração e de outros detalhes do velório.

Antes de contratar o serviço, cheque referências e a documentação para ter certeza da idoneidade da empresa.

Nesse momento, é importante também se encarregar de que sejam respeitadas as vontades do falecido. Assim, veja se há algum desejo prévio registrado ou outra pessoa que possa dar essa informação. Além disso, consulte sobre a existência de um plano funerário, que pode facilitar bastante, tanto na organização quanto no pagamento do funeral.

Cremação ou enterro?

Se o falecido tiver deixado alguma recomendação para o sepultamento, ela deve ser respeitada. Isso, geralmente, é feito por quem opta pela cremação, uma vez que se trata de uma maneira menos tradicional e que pode enfrentar a resistência de algum familiar.

Se a opção for o enterro, ou sepultamento, é necessário procurar um cemitério. Um plano funerário também pode cuidar dessa decisão, uma vez que mantém registrada a preferência de quem contrata.

Como comunicar o restante da família?

Os parentes e amigos mais próximos podem ser comunicados por telefone ou pessoalmente. No entanto, pode ser complicado avisar pessoas mais distantes, principalmente se o falecido for alguém eminente na sociedade.

Assim, uma nota de falecimento, publicada em jornal ou transmitida por rádio, pode ser uma boa alternativa. De qualquer modo, é importante ter muito cuidado e delicadeza ao comunicar a morte de alguém, principalmente em redes sociais.

O que fazer para o velório?

Essa é uma hora bastante especial, em que as escolhas dependem de cada família e das vontades do próprio falecido. Por exemplo, muitas pessoas optam por realizar o velório em casa, enquanto outras preferem locais públicos, como capelas, templos e salas especiais para velórios.

Quem tem uma crença pode decidir realizar uma cerimônia religiosa. Oferecer comida também é opcional, mas é sempre bom manter pelo menos água e café à vontade. O mais importante é ter um momento dedicado para que as pessoas possam se despedir e prestar suas homenagens ao falecido.

Quais os outros passos para preparar um funeral?

Um funeral é um momento muito particular para a família, os amigos e o falecido. Se ele tiver deixado alguma indicação antes de morrer, é melhor sempre tentar respeitar e atender as suas últimas vontades. Por isso, pode ser que outros detalhes, como a escolha da decoração, do caixão, de músicas, da alimentação e de todo o cerimonial sejam bem personalizados.

As funerárias e operadoras de planos oferecem diversos serviços que podem ajudar bastante nesse sentido. Na hora de preparar um funeral, o melhor é manter a tranquilidade e saber que pode contar com opções para facilitar a sua vida nesse momento tão difícil.

Quer receber mais conteúdos sobre bem-estar, qualidade de vida e espiritualidade? Assine a nossa newsletter!

Posts relacionados

Deixe um comentário