7 dicas de como lidar com o medo de perder alguém

6 minutos para ler

Descobrir como lidar com o medo de perder alguém ainda é um tabu para a maioria das pessoas. Existem fatores que são determinantes para esse processo, como inteligência emocional, apego com o ente falecido e, até mesmo, a crença religiosa.

O pavor de reconhecer que a vida tem um fim pode causar angústia e, em alguns casos, até depressão. No entanto, existem maneiras de superar o medo da morte e conseguir lidar melhor com esse sentimento. Esse é um processo contínuo, mas que traz bons resultados para o emocional de quem sofre.

Destacamos 7 dessas maneiras no post abaixo. Confira as dicas!

1. Descubra de onde vem o seu medo da morte

Ter medo da morte pode até ser encarado como um fator normal. Apesar de ser um processo natural para todos os seres humanos, a ideia de perder alguém é bem desconfortável e pode, sim, causar uma sensação de medo em algumas pessoas. Então, o primeiro passo para saber lidar com o medo de perder é entender esse processo e encará-lo como necessário para todos nós.

É importante compreender que a morte também é o fim do sofrimento de quem está há alguns anos doente, por exemplo. Isso gera o desprendimento necessário e traz mais conforto para encarar essa etapa. 

2. Fale sobre o seu medo de perder alguém

A falta de comunicação e diálogo sobre a morte costuma agravar o medo de perder alguém. Compartilhar sentimentos e conversar sobre a finitude da vida, por outro lado, ajudam a aceitá-la como algo natural e que acontecerá com todas as pessoas.

Dessa forma, é possível ter uma visão realista que permite, inclusive, que você tome atitudes práticas no sentido de vencer esse medo. Discutir com familiares questões relacionadas ao luto, perda ou espiritualidade faz com que todos se preparem para quando o momento chegar.

Vale até mesmo planejar a passagem. Entender as preferências de seus familiares — se desejam ser sepultados ou cremados, por exemplo — também ajuda a lidar com o medo de perder alguém.

3. Viva experiências positivas ao lado de quem ama

Uma vida sem significado, apenas de trabalho e sem momentos de felicidade ao lado de quem se ama, pode ser angustiante. Isso pode aumentar o medo de perder essa pessoa. Há o receio de que, com a partida da pessoa querida, venha o remorso por não ter aproveitado a vida da melhor maneira com ela.

Por isso, valorize os momentos em família e com amigos. Você pode, inclusive, elencar algumas metas que incluam o que deseja fazer por quem você ama. Além disso, reforce sempre o seu sentimento para a outra pessoa. Diga quanto seus amigos e familiares são especiais e importantes para você sempre que for conveniente.

Valorizar experiências únicas ao lado de quem ama, ameniza o medo de perdê-la

4. Converse com um profissional de psicologia

A terapia precisa ser encarada como um investimento para o seu bem-estar. Quando você está com a sua saúde mental em dia, consegue refletir melhor sobre as adversidades que surgem ao longo dos anos. A morte é um exemplo. Ela é natural, como já citamos, mas não tem como prever o dia e a hora certa que alguém vai partir. Isso pode ser um grande desestabilizador emocional para algumas pessoas.

Procurar um profissional de psicologia para entender o medo de perder alguém não vai anular o seu sofrimento, mas torná-lo momentâneo e superável. A preparação emocional para qualquer adversidade das nossas vidas nos traz mais força e compreensão sobre esses problemas inevitáveis.

5. Reconheça o medo de sentir solidão

Muitas pessoas têm medo de perder alguém por achar que a morte vai trazer causas como o abandono, a solidão etc. Quando você reconhece realisticamente que o medo da morte não precisa sentenciar a sua vida para sempre, você encara essas despedidas de forma mais natural, com menos sofrimento e insegurança.

Sendo assim, em um determinado tempo, você vai precisar viver sem seus pais, sem seu cônjuge ou, até mesmo, sem seus filhos. No entanto, isso não será motivo para que outras pessoas, em vida, abandonem a sua companhia. Você nunca estará completamente só.

6. Concentre-se mais no que você pode controlar

O medo de perder alguém também é alimentado pela sensação de perda de controle que algumas pessoas sentem sobre as suas vidas. Por exemplo, se você cuida de um familiar ou amigo em situação mais delicada, isso pode desencadear uma sensação de ansiedade e responsabilidade excessiva sobre a vida da outra pessoa.

No entanto, o destino não é algo controlável. É importante dar o seu melhor sempre, manter a atenção e os cuidados necessários para a vida da outra pessoa. Contudo, encarar que o falecimento pode ocorrer e que isso não depende de você — na maioria dos casos — ajuda a superar o medo da morte e o seu sofrimento.

Então, concentre-se mais no que você pode controlar, como é o caso dos seus comportamentos, das suas tomadas de decisão, dos cuidados com o entende querido etc. Gerar perspectiva sobre o que não tem como ser controlado pode desencadear problemas emocionais muito maiores.

LEIA TAMBÉM: 5 dicas para lidar com a saudade de alguém que se foi

7. Entenda o sentimento de saudade

A definição de saudade é algo muito particular. Cada um sente conforme a sua ligação com a pessoa que se foi. Entenda como a falta desse ente querido é importante para você, mas que não pode ser um fator determinante para a sua rotina. A saudade é o sentimento que fica, as lembranças dos momentos e a vontade de ver seu ente querido mais uma vez. Quando ela vira, de certa forma, obsessão pela perda não é saudável.

Alimente a saudade, portanto, com lembranças de bons momentos enquanto a pessoa viveu. Evite relacionar a saudade com a perda, com o sentimento do luto. Isso só vai aumentar o seu sofrimento e prolongar o seu tempo de regeneração emocional, sempre proveniente da morte de alguém que amamos.

A morte é algo natural e nada melhor que conversar sobre ela e, assim, enfrentar o medo de perder alguém. Também, desfrute da melhor maneira possível os bons momentos ao lado de quem você ama. Afinal, essas são as lembranças que ficarão.

Agora nos conta, como você tem encarado o medo de perder alguém? As dicas do post ajudaram mais na sua superação? Comente!

Para saber como se preparar para esse momento, leia também nosso post Saiba quais são os desafios para cuidar de pais idosos.

Posts relacionados

Deixe um comentário