7 ações para equilibrar o tempo entre trabalho e família!

6 minutos para ler

Não tem sido fácil para as pessoas encontrar o equilíbrio entre trabalho e família. Prova dessa dificuldade é que inúmeros países implementaram leis para que haja essa conciliação, pelo menos de forma básica.

Nesses lugares, a população consegue transitar entre vida profissional e pessoal mais tranquilamente. Afinal, essa regulamentação institui, por exemplo, número menor de horas trabalhadas, mais tempo de licença maternidade e paternidade, entre outros benefícios.

A finalidade é que os indivíduos não passem mais horas em atividade laboral do que pessoal. Contudo, quem excede o peso dessa balança sofre consequências.

Quer entender quais os prejuízos da falta de equilíbrio entre trabalho e família e saber como evitar que isso aconteça? Continue a leitura!

Conheça os efeitos causados pela desproporcionalidade entre trabalho e família

Ninguém consegue ser bem-sucedido na vida profissional e pessoal se não houver equilíbrio entre elas. Essa desarmonia provoca danos físicos e psicológicos em todas as pessoas e influencia as metas e resultados desejados.

Por isso, a paixão pelo trabalho e a vontade de ter uma situação financeira segura jamais devem estar à frente da saúde e da qualidade de vida. Afinal, algumas consequências podem ser permanentes. Logo, o indicado é evitar problemas como os citados abaixo.

Desmotivação

Trabalhar mais do que o normal causa desinteresse por demais assuntos relativos à vida cotidiana. O corpo e a mente ficam exaustos, provocando a falta de atenção e do desejo de aprender algo novo.

Estresse

O cansaço extremo acarreta transtornos mentais, que cada vez são mais comuns de serem percebidos, como estresse, depressão, síndrome do pânico, de burnout, entre outras. Em decorrência disso, surgem afastamentos e incapacitações por doenças nas empresas. Isso, impacta não só a vida profissional, mas também, pessoal.

Frustração

O sentimento de frustração surge quando a pessoa não consegue atingir as metas propostas pela organização, ou mesmo, não obtém os resultados esperados em uma situação pessoal. Nesse caso, acaba reforçando seu desinteresse por qualquer coisa na vida.

Conflitos familiares

Uma vez que o profissional passa a maior parte do seu tempo trabalhando, ele causa uma ruptura nas relações amorosas, familiares e de amizade. Isso ocorre porque não tem equilíbrio para conciliar esses fatores e ter momentos de prazer. Esses conflitos podem levar o indivíduo a entrar em depressão, sem perceber.

Baixa produtividade

A desarmonia também afeta o trabalho. O excesso de atividades leva à redução nos resultados, limitação das habilidades criativas, dificuldade de raciocínio e atenção, falta de vontade de executar as tarefas, entre outros.

Devido a isso, as atividades são feitas sem dedicação e excelência. Ou seja, tanto a empresa quanto o profissional saem prejudicados. Nesses casos, o trabalhador pode ser demitido, provocando mais aborrecimentos em seu ambiente familiar.

Veja 7 maneiras de buscar o equilíbrio entre trabalho e família

Para evitar que todo esse desastre acometa sua vida, veja as valiosas orientações para obter o equilíbrio necessário.

1. Planeje seu dia

Estabeleça prioridades em suas tarefas, sejam elas privadas, sejam laborais. Anote cada uma em um papel ou no computador e enumere por ordem de emergência. Caso alguma coincida, por exemplo, dentro de um mesmo horário, analise qual é a mais importante e opte por ela.

Entenda agora a importância do orçamento familiar e como pode ser feito

2. Defina a hora de parar

Algumas pessoas parecem sentir que poderiam passar quase 24 horas trabalhando. Mas é preciso definir seus limites, determinando quando deve começar e terminar.

O ideal é que, independentemente do que aconteça, deixe de produzir no horário que determinou para parar. Isso ajudará a organização o tempo para período de produção e de lazer.

Ao definir sua hora laboral, calcule a jornada para determinar a produtividade. Desse modo, seguirá um planejamento. Assim, o cérebro se acostumará com esse hábito e terá mais concentração e alcançará resultados melhores.

3. Seja disciplinado e organizado

O profissional que é organizado, geralmente, não faz horas-extras, porque consegue inserir suas atividades dentro daquele período estipulado. Estabeleça alguns minutos do seu dia, por exemplo, para fazer telefonemas para clientes — pegue o cadastro e ligue para cada um. Depois, deixe as informações ordenadas e dê sequência às suas tarefas.

Seguir a máxima de “arrumar depois de usar” favorece a produtividade – algo que nos foi ensinado desde crianças. Lembra-se de que, quando brincávamos, os pais pediam para depois guardarmos, senão os brinquedos ficariam jogados e perdidos? É assim no trabalho, também.

4. Evite mais tarefas do que consegue cumprir

Por mais que você seja produtivo e organizado, o dia tem apenas 24 horas. Logo, é impossível dar conta de tudo. Quando o volume de trabalho é elevado, procure delegar as atividades a outros colegas.

Com isso, terá mais qualidade e personalização no seu serviço, mais tempo para si, abrirá novas vagas de emprego, o trabalho em equipe sairá melhor do que o individual e terá mais tempo para analisar projetos.

5. Estipule metas familiares

Crie metas para ter mais momentos agradáveis com a família, como jantarem todos juntos três vezes na semana, tomar café da manhã, fazer uma viagem a cada seis meses, passar um final de semana por mês em um rancho etc.

6. Reserve tempo para suas relações

Dedique mais tempo de sua vida às pessoas que ama. Procure ter mais lazer com seus amigos e familiares para evitar distúrbios psicológicos. Aproveite os relacionamentos afetivos para compartilhar problemas e alegrias. Não descuide disso em função do trabalho.

7. Aprenda a dizer não

Muitas pessoas não sabem dizer não. Desse modo, acabam acumulando mais atividades do que podem realizar, o que acarreta falta de tempo.

Então, é preciso saber o que quer para sua vida e dar respostas negativas para o que não faz parte do seu projeto. No início, pode parecer difícil, pois temos receio de magoar ou ser indelicado com a outra pessoa. Contudo, ao perceber o benefício, não se incomodará mais em dizer não, quando necessário.

Portanto, encontrar o equilíbrio entre trabalho e família é essencial para o bem-estar da pessoa. Sendo assim, analise se as tarefas que não foram terminadas na empresa podem ser concluídas em outro dia. Com isso, conseguirá dar prioridade a sua vida e não assumirá nada além do que é capaz de realizar, com qualidade tanto profissional como pessoal.

Agora que aprendeu como lidar com o trabalho e os momentos familiares, que tal acessar o Facebook e curtir a nossa página para receber mais informações interessantes?

Posts relacionados

Deixe um comentário